My feira

By Camila Coelho
In dinheiro
Aug 22nd, 2013
0 Comments
160 Views

Um fenómeno crescente são as feiras onde, qualquer um nós pequenos mortais podemos entrar, montar a banca e vender (coisas lícitas, claro).

No inicio havia a feira da ladra, os mercados de artesanato urbano, outros eventos por todo o país que ou necessitavam de autorizações especiais de feirante, ou eram um pouco caras.

Agora isso está a mudar. É assim com o mercado da LX Factory aos domingos (10 euros/dia) e é assim com o My stock (vertente pessoal do stock market, cerca de 150 euros por 4 datas). Basicamente aceita-se tanto os artistas urbanos, os que fazem coisas de comer (hum), os dos livros usados e roupa em segunda mão. Não deixa de ser uma oportunidade para algumas marcas, com as quais o conceito de feira alternativa, não colide.

Sinais dos tempos são os giveway e os shop my closet, que já vemos em vários blogs de moda.

Em tempos de crise, aguça-se o engenho.

A foto foi roubada ao site  Lisbon Poet Hostel - Também vamos fazer um artigo sobre eles.

 

About "" Has 157 Posts

Jornalista freelance, cidadã do mundo, já viajei, escrevi e fotografei sobre cidades, gentes e costumes.Estudei sociologia e línguas modernas porque gosto de pessoas e palavras. Também gosto de pérolas e blocos de notas. Sou portuguesa, mas tenho vários tipos de costelas: tenho costela de vaca, de cabra e de vez em quando, de burra.

facebook comments: